Jaeger-LeCoultre apresenta Reverso Duetto Medium

Imagem da notícia: Jaeger-LeCoultre apresenta Reverso Duetto Medium

Noventa anos depois do seu nascimento em 1931, o Reverso permanece como um dos mais emblemáticos relógios de todos os tempos – um exemplo raro de design apreciado tanto por homens, como por mulheres. Em 2021, a Jaeger-LeCoultre apresenta uma nova interpretação de um dos seus mais admirados modelos, o Reverso Duetto Medium, animado por um movimento mecânico de corda automática.

Distinguindo-se, como todos os modelos Reverso, pela força e pureza de linhas do original design Art déco, e caracterizado por três godrons lineares que definem os limites superior e inferior da caixa, o novo Reverso Duetto Medium vem oferecer cores frescas e um refinamento moderno à coleção.

Uma história com dois mostradores

A caixa reversível do Reverso – originalmente concebida com um fundo metálico sólido que servia para proteger o vidro do relógio quando era usado em contexto desportivo – ganhou uma nova vida na década de 1990 com a introdução de um segundo mostrador. Seguindo o sucesso do Reverso Duoface, que indica um segundo fuso horário no verso, o conceito de mostrador duplo foi reinterpretado no Reverso Duetto. Cada mostrador oferece uma distinta leitura do tempo – com uma elegância clássica no mostrador frontal e uma estética mais exuberante no verso – graças a dois conjuntos de ponteiros animados pelo mesmo movimento.

No mostrador frontal, de cores leves, um retângulo ao centro decorado em guilloché, com motivo soleillé profundamente gravado, surge emoldurado por uma escala de minutos em caminho de ferro. Em torno dele, os numerais arábicos aplicados de linhas simples sobressaem de um fundo suave, conferindo maior profundidade visual e complexidade. No mostrador do verso, em tom mais escuro, um círculo central escovado com efeito soleillé sublinhado por um fino aro, dourado ou em aço (a combinar com o material da caixa), é sublimado por guilloché profundamente gravado também com motivo soleillé e pelos ponteiros dourados ou em aço que indicam as horas.

Detalhes subtilmente requintados distinguem o novo modelo automático dos seus homólogos de corda manual: no mostrador do verso, apenas o numeral 12 é apresentado e uma pequena abertura no centro revela a massa oscilante. O movimento de corda automática é o Calibre 968A da Jaeger-LeCoultre, com reserva de corda de 38 horas. Acrescentando ainda mais riqueza, os godrons que ornam as partes superior e inferior da caixa são aqui definidos por fileiras de diamantes com engaste em grão tanto na frente, como no verso.

O novo Reverso Duetto Medium em aço é dotado no verso de um mostrador em azul safira brilhante – num gritante contraste com o acabamento translúcido do numeral 12 e o tom claro do aço polido, numa combinação perfeita com os ponteiros azuis no mostrador da frente e a correia brilhante em pele de aligátor. O modelo em ouro rosa apresenta no verso um mostrador brilhante preto lacado, enquanto o mostrador da frente em branco suave é complementado por ponteiros de formato bâton dourados que combinam com os numerais e a caixa em ouro rosa. Para um design mais harmonioso, a Jaeger-LeCoultre optou, pela primeira vez na coleção Reverso, pela sua exclusiva correia em pele brilhante de aligátor.

25 Junho 2021
AtualidadeRelojoaria

Notícias relacionadas

Fundação Cartier com exposição de Damian Hirst

O artista londrino Damien Hirst exibe a sua nova série, Cerisiers en fleurs, composta por 30 pinturas escolhidas com Hervé Chandes, diretor da Fundação. A exposição patente até 2 de janeiro de 2022 é uma homenagem à “efémera beleza de uma árvore florida num céu sem nuvens”.

Ler mais 30 Julho 2021
AtualidadeEventos

Messika com novo espaço na Torres Joalheiros

A nova área situa-se na flagship store da Avenida da Liberdade. No espaço pode encontrar e conhecer peças de algumas das coleções mais icónicas de joalharia e alta joalharia da marca parisiense.

Ler mais 30 Julho 2021
AtualidadeJoalharia