“A good or a bad girl”? Essa é a minha visão do amor, porque o amor é sempre perigoso”
Data de Publicação: 02.20.2024

Quando Caroline Gaspard criou a Akillis, em 2008, o sucesso foi imediato, o que acabou por não surpreender a sua fundadora. Caroline partilhou connosco as bases do reconhecimento internacional da marca francesa que representa um nicho na indústria da joalharia de luxo e os planos a nível nacional e internacional.

O que diferencia a Akillis da concorrência?

A qualidade é muito importante, mas as ideias disruptivas que vão surgindo são “a cereja no topo do bolo”. Por exemplo, na coleção Tattoo apresentamos novos códigos de alta joalharia: apenas diamantes e ouro na pele, como se de uma segunda pele se tratasse. Estas “tatuagens modernas” são inspiradas na gravura em tinta Maori e nos marcadores gráficos nítidos e sensuais da marca que se afirmam nos estilos masculino e feminino.

A Akillis injeta nas suas peças materiais e técnicas que contribuem para o seu visual rock ultracontemporâneo. As suas variações de preto e branco, as suas configurações radicais, as suas correntes de cabos diamantadas servem assim a sua gramática disruptiva, radical e sofisticada. Com o DLC, o material fica profundo e aveludado. Com titânio, as peças são de design e metálicas.

Com banho de ródio negro, o ouro branco tem brilho e luz. Mais recentemente, decidi apostar na cor, ou seja, privilegiamos matérias-primas com cores intensas para que a gema, uma vez lapidada, revele toda a sua beleza. Quando temos cor temos algo muito luxuoso! Esforço-me constantemente por mais, a nível de materiais e ideias. E estamos apenas a começar.

E para quem se dirigem as novidades aqui apresentadas, na Machado Joalheiros?

Depende do estilo que o cliente deseja, do papel que quer desempenhar. “A good or a bad girl”? Essa é a minha visão do amor, porque o amor é sempre perigoso.

A Caroline é uma boa ou má rapariga?

(Risos) Uma boa menina. Nunca fui uma má rapariga!

Descubra as novidades da Akilis por Caroline Gaspard na revista Luxury Watches 10.

Categoria: Entrevistas

Outro artigos que lhe podem interessar:

Schaumburg-Lippe conquista Portugal

Schaumburg-Lippe conquista Portugal

Orgulhoso das suas raízes e um fã incondicional de Portugal, York Prince de Schaumburg-Lippe partilhou connosco as origens e os objetivos da sua seletiva marca de joias e relógios.

Share This