Demi Moore entrega Troféu Chopard a Sophie Wilde e Mike Faist
Data de Publicação: 05.23.2024

Desde 2001, o Troféu Chopard tem sido um emblema da paixão duradoura de Caroline Scheufele pelo cinema. Parte integrante do calendário oficial do Festival de Cannes, premeia anualmente atrizes e atores que tenham tido um início de carreira promissor. Durante a emocionante cerimónia deste ano, Demi Moore, a deslumbrante madrinha desta 24ª edição, entregou o precioso prémio a Sophie Wilde e Mike Faist.

No cenário encantador do Carlton Beach Club em La Croisette, a dois passos do Palais des Festivals e das suas icónicas escadarias, o Troféu Chopard foi um espetáculo deslumbrante. Criado para apoiar os talentos emergentes do cinema, o Troféu Chopard é um prémio altamente cobiçado, atribuído todos os anos num jantar oficial durante o Festival.

Iris Knobloch, presidente do Festival de Cannes, e Thierry Frémaux, delegado geral, juntamente com Caroline Scheufele, co-presidente e diretora artística da Chopard, deram as boas-vindas aos convidados para uma noite repleta de uma paixão partilhada pelo cinema e de uma dedicação ao desenvolvimento de novos talentos.

Os vencedores foram escolhidos pelos membros da Académie du Trophée Chopard, composta por premiados, padrinhos e madrinhas de edições anteriores. Após uma retrospetiva das carreiras de Sophie Wilde e Mike Faist, o prémio – uma bobina de filme em prata revestida a ouro – foi-lhes entregue por Demi Moore, a madrinha desta 24ª Edição.

O jantar preparado pelo chefe Bruno Oger, detentor de duas estrelas Michelin, deliciou os convidados com os sabores do sul de França: Creme florentino com ervas do jardim, flor de courgette com caviar de beringela fumada num creme de sésamo e grão-de-bico, dourada grelhada num molho provençal com especiarias de Vandouvan, vacherin de baunilha do Taiti e frutos silvestres para a sobremesa.

Durante a noite, a artista do Qatari Dana Al Fardan cativou o público com a música do seu último álbum, Indigo, encenando uma experiência audiovisual multi-sensorial que promove a conetividade e a atenção plena através da luz, da cor e do som.

Caroline Scheufele propôs aos convidados continuarem a celebração no Chopard Rooftop no Hôtel Martinez. Neste terraço deslumbrante, com uma vista excecional sobre La Croisette e o mar, Alessandro Ristori e os Portofinos mantiveram a energia viva, interpretando canções inspiradas na música italiana dos anos 60 e 70 e no pop rock britânico. Num verdadeiro feixe de energia, Ristori “dominou” o Rooftop, pondo os convidados a dançar. Foi um final adequado para uma noite permeada pelo tipo de emoções que só o reconhecimento do talento e o prenúncio de um futuro brilhante podem trazer.

Categoria: Eventos

Outro artigos que lhe podem interessar:

Share This