Relógios de luxo “brilham” na passadeira vermelha
Data de Publicação: 05.29.2024

A noite mais ilustre do cinema, a cerimónia dos Óscares, é marcada pelo glamour e elegância e nem os detalhes escapam à escolha meticulosa das personalidades presentes no evento. A acompanhar o guarda-roupa sóbrio e elegante, as estrelas de Hollywood optaram por acessórios de luxo que tiveram lugar de destaque na passadeira vermelha. Aqui fica um apanhado de alguns dos relógios que brilharam na 96.ª edição do maior evento do cinema, que decorreu a 10 de março. 

A passadeira vermelha da 96ª edição dos Óscares, no Teatro Dolby, em Los Angeles, Califórnia, foi palco para “desfilar” as peças mais atrativos da relojoaria de luxo. Relógios da Omega, Cartier, Rolex, Vacheron Constantin ou da Jacob & Co. são apenas alguns dos escolhidos pelos famosos para a cerimónia. 

Simu Liu e Matthew McConaughey apostam na Jacob & Co. 

Simu Liu marcou pela irreverência no detalhe. O ator do filme Barbie escolheu a peça de Jacob & Co. The World is Yours Dual Time Zone Rose Gold, um relógio que marca dois fuso-horários diferentes num só acessório de luxo. O relógio de aspeto tridimensional apresenta um mostrador azul lacado com os continentes da Terra trabalhados em ouro rosa. O relógio é alimentado pelo calibre de corda automática JCAA11, que permite que ambos os submostradores sejam ajustados separadamente. Cada um mostra uma hora e um minuto diferentes, permitindo acompanhar qualquer fuso horário. 

Já Matthew McConaughey usou o radiante Jean Bugatti da Jacob & Co., que conta com um total de 470 componentes, que dão origem a um desenho delicado e a uma arquitetura de movimento tridimensional que é visível apenas pela parte de trás do relógio. A caixa redonda de 46mm está disponível numa versão em ouro rosa ou numa em ouro branco, sendo que a primeira inclui um mostrador creme com os números em dourado e os ponteiros em azul, e a segunda um mostrador azul, com os números e os ponteiros em cinzento.  

Robert Downey Jr e Anya Taylor-Joy com modelos Jaeger-LeCoultre  

O ator do filme Oppenheimer conseguiu o primeiro Óscar da sua carreira, levando o galardão de melhor Ator Secundário. Acompanhado pela sua mulher, Susan Downey, surgiu na red carpet com uma aposta clássica e sempre marcante: o Reverso Tribute Chronograph assinado pela Jaeger-LeCoultre.   

O Reverso Tribute Chronograph, que apresenta um display de hora e minuto nos dois mostradores com estilos contrastantes e complementares, apresenta um mostrador frontal que exibe sobriamente os códigos estéticos da linha Tribute: bordas, trilha de minutos “chemin de fer”, marcadores de horas aplicados e ponteiros Dauphine se destacam do mostrador preto com escovação sunray. Uma vez girado em seu berço, o relógio revela uma face posterior esqueletizada meticulosamente que revela todos os detalhes do novo Calibre Manufatura 860 e a formidável mecânica do cronógrafo retrógrado. 

Embaixadora mundial da Jaeger-LeCoultre, Anya Taylor-Joy encontrou o complemento perfeito para o seu vestido recortado de alta costura da Dior: um relógio que se usa e brilha como uma bracelete de diamantes. O relógio Jaeger-LeCoultre 101 Reine em ouro branco é adornado com diamantes e apresenta um mostrador em madrepérola. O mecanismo do relógio é o Calibre 101, criado em 1929, sendo o movimento mecânico mais pequeno do mundo. 

Sterling K. Brown, com IWC Schaffhausen Portuguese Regulator Tourbilon 

Sterlinh K.Brown foi um dos protagonistas do filme American Life e pousou na red carpet com um IWC Schaffhausen Portuguese Regulator Tourbilon (Ref. IW544603). O relógio de corda manual, usado de origem, apresenta uma caixa de 43mm em ouro branco de 18k com um mostrador cinzento e uma bracelete em pele de crocodilo castanha nova com uma fivela de báscula em ouro branco de 18k. As funções incluem horas, minutos, pequenos segundos e turbilhão.  

Categoria: Relojoaria

Outro artigos que lhe podem interessar:

Guebly nasce para “criar nova proposta na relojoaria independente”

Guebly nasce para “criar nova proposta na relojoaria independente”

Criada por um colecionador de relógios para outros colecionadores, a Guebly pretende “criar uma nova proposta no mundo da relojoaria independente”. A marca está enraizada na grande tradição relojoeira suíça e inspira-se na força orgânica do movimento perpétuo e na beleza natural que definem o mundo.

Lederer: harmonia e precisão 

Lederer: harmonia e precisão 

Depois de vencer o prestigiado Prémio de Inovação no Grand Prix d’Horlogerie de Genève em 2021, o célebre Central Impulse Chronometer de Lederer está de volta aos holofotes. Hoje, o relógio não só continua a impressionar com o seu mecanismo vanguardista – que foi ainda mais refinado – mas também com a sua nova estética, mais sóbria, apresentada numa caixa de 39 mm de diâmetro. 

Share This